fbpx

Segurança online? Conheça os riscos e proteja-se!


Você sabe quais são os riscos que envolvem atividades online como:

  • Construindo perfis e reputações online;
  • Compartilhando vídeos e fotos;
  • Conectando-se com amigos e família on-line;
  • Fazendo downloads de aplicativos e jogos;

Compartilhando o que estão fazendo e onde estão.

A verdade é que há alguns riscos envolvendo socializar-se, jogar e se comunicar online. Pode ser fácil compartilhar demais, passar vergonha, estragar seu computador e, possivelmente, receber mensagens de pessoas estranhas.

Esteja você conectado através de um computador, tablet ou pelo celular a melhor ferramenta que você tem para te ajudar a evitar riscos online é seu cérebro. Quando você está pronto para postar ou enviar uma mensagem ou uma foto, fazer o download de um aplicativo ou música, ou comprar algo, pare por um segundo e se pergunte:

  • Eu conheço e confio em quem eu estou interagindo – ou em que estou compartilhando ou baixando?
  • Com vou me sentir se as minhas informações acabarem em um lugar onde eu não pretendia?

Se perguntar algumas questões primeiro pode te ajudar a proteger você, seus amigos, suas contas e seus dispositivos. Você tem milhares de oportunidades de compartilhar todos os tipos de informação quando está online – tudo sobre você, sua família e seus amigos. Mas antes de fazê-lo, lembre-se:

Suas ações online têm consequências reais. As fotos que posta ou envia e as palavras que escreve podem afetar pessoas ao seu redor. Quando você posta algo, não dá pra voltar atrás.

Isso vale para mensagens, também. Mesmo se deletar, versões mais velhas podem existir nos dispositivos de outras pessoas. Isso significa que aquela foto ou comentário que você não quer que as pessoas vejam mais pode estar arquivado em algum outro lugar – permanentemente. O que você posta pode ter uma “audiência” maior do que pensa.

Mesmo se considerar o uso de configurações de privacidade, é impossível ter controle absoluto sobre quem vê suas fotos, vídeos, perfis, comentários ou textos. Antes de postar ou enviar, pense em como se sentirá se sua família, professores, treinadores ou vizinhos descobrirem. Consiga a permissão de alguém antes de compartilhar fotos ou vídeos em que apareçam.

Pode ser vergonhoso, injusto e até mesmo inseguro enviar ou postar fotos ou vídeos sem ter permissão das pessoas que estão nele.

Interagir com Tato:
Conforme você conversa ou posta comentários, lembre-se que não há diferença entre falar com alguém pessoalmente ou online. Se você não diria isso cara a cara com alguém, não digite.

A educação conta:
Textos escritos rapidamente podem levar ao mal entendido – Pense bem como sua mensagem pode ser lida e entendida antes de enviá-la.

Vá com calma:
Usar CAPS, vários pontos de exclamação ou fontes em negrito é o mesmo que gritar. E NINGUÉM GOSTA QUANDO GRITAM COM VOCÊ!!!!!

Envie mensagens para grupos com cuidado:
Pense bem quem irá ver suas mensagens antes de enviá-la para várias pessoas. Lembre-se de verificar se você está enviando mensagens para a pessoa certa!

Não pratique bullying:
Trate as pessoas da maneira que você gostaria de ser tratado.

Cyberbullying:
Cyberbullying e praticar bullying ou assédio que ocorre online. Pode acontecer em uma mensagem de texto, um jogo online ou em uma mídia social. Pode envolver rumores, comentários ou imagens postadas no perfil de alguém, ou passadas adiante para outras pessoas verem. Bullying é algo ruim para os dois lados. Faz com que a pessoa assediada sentir-se mal – e sempre faz com que o praticante seja mal visto. Também pode levar a punição pelas autoridades da escola ou da polícia.

O que fazer com relação a isso?
Se você presenciar cyberbullying, fale para a pessoa parar. A maioria das crianças não praticam bullying, e não há razões para alguém fazer isso. Isso significa que esse tipo de comportamento acaba rapidamente quando alguém fica do lado de quem está sofrendo. Se alguém te provocar on-line, mantenha a calma e não responda. A maioria das pessoas percebe que praticar o bullying é errado. Você também pode fazer parar ignorando ou bloqueando a pessoa. Você pode reportar o abuso no site em que isso ocorreu, salve as evidencias e peça ajuda para um adulto em que você confie

Lembre-se do que é real:
Quando você está jogando algum jogo multiplayer ou explorando algum mundo virtual onde você pode criar um personagem e interagir com outras pessoas, lembre-se de que outros jogadores são pessoas reais e respeite os sentimentos dessas pessoas.

Não crie perfis falsos:
É errado e pode ser doloroso criar perfis, comentários ou posts que parecem vir de outra pessoa – como alguém da sua classe ou um professor de sua escola.

Fale:
Se você ver algo que não está certo em uma rede social ou em algum jogo, avise o website e também a um adulto em que você confia. Usar os links de “reportar abuso” proporcionam uma diversão na navegação maior para todos.

 

 

 

 

..     ..                    ..                                ..                        ..                ..    ..                        ..                ..
Esse material foi preparado pelos colaboradores do Instituto Americano de Ensino Lucas Cabral (English Teacher) e Bruno Vieira (Professor de Informática) baseando-se na tradução do material disponível pelo The Federal Trade Commission (FTC) is the nation’s consumer protection agencyno no link: https://www.consumer.ftc.gov/articles/pdf-0006-living-life-online.pd o conteúdo pode ser visto na integra

Deixe seu comentário?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *