fbpx

9 erros de conversação em inglês para evitar


Como seres humanos, aprendemos e crescemos através de nossas interações com outras pessoas. Muitas vezes, estes encontros são centrados em torno de grandes conversas – ricas, significativas trocas entre um pequeno grupo de pessoas, onde cada pessoa tanto escuta ativamente e compartilha. Grandes conversas são inestimáveis ​​- eles enriquecem a nossa compreensão das pessoas e do mundo que nos rodeia. Socialmente, ser alguém que pode se envolver sem esforço com os outros nos permite criar amizades profundas e ganhar incrível crescimento pessoal e satisfação. Em nossas carreiras, somos mais eficazes quando trabalhamos bem com outros – a capacidade de colaborar e resolver problemas juntos nos torna profissionais mais eficazes e torna nossos negócios mais bem sucedidos.

Erros comuns de conversação em inglês
Mas e se você deve manter uma conversa em inglês e não é sua língua nativa? Um dos muitos obstáculos para aprender algo novo, como a conversa em inglês, é que pode ser difícil, demorado e até um pouco assustador! É por isso que elaboramos uma lista de nove erros de conversação em inglês para evitar que se apliquem se você está falando com uma ou várias pessoas ao mesmo tempo. Mantenha essas dicas em mente para ajudá-lo a melhorar suas interações com pessoas de todo o mundo …

  • Fingir interesse na pessoa
  • Discutir tópicos negativos e sensíveis
  • Tentar ganhar uma discussão (argumento)
  • Desrespeitar as crenças dos outros
  • ‘’Compartilhe’’ o palco
  • Medo de aprender algo desconhecido
  • Tentar ser alguém que você não é
  • Monopolizar a conversa
  • Focalizar em tópicos superficiais

1- Fingir interesse na pessoa:
Uma das coisas que separa uma conversa de uma “transação” (como encomendar algo em um restaurante) é o verdadeiro interesse mútuo de cada pessoa na outra. Se a pessoa realmente não tem interesse em saber mais sobre a outra pessoa, tampouco participará de forma significativa e a interação se tornará transacional ou apenas “conversa fiada”. A maioria das pessoas é fascinante – aproveite o tempo para aprender o que puder sobre elas . 

2- Discutir tópicos negativos e sensíveis:
As pessoas estão mais envolvidas e dispostas a compartilhar quando estão relaxadas e felizes. Especialmente quando você não conhece bem alguém, é sempre melhor focar nos aspectos positivos – evite ambos compartilhar seus maiores problemas e trazer à tona tópicos que poderiam ser negativos de uma perspectiva cultural, religiosa, política ou mesmo pessoal. Há sempre algo positivo para compartilhar!

3- Tentar ganhar uma discussão (argumento):
Particularmente ao falar com alguém que você não conhece bem e / ou alguém de outro país ou fundo, é precário para uma conversa (especialmente aquele em que você está praticando suas habilidades de conversação em inglês) para evoluir para um debate ou argumento. É provável que, para quaisquer duas pessoas, haverá muitos pontos de desacordo, e se essas diferenças surgirem, é melhor tentar apenas entender o ponto de vista da outra pessoa, em vez de “ganhar” um argumento. É perfeitamente aceitável concordar em discordar sobre certas questões e seguir em frente.  

4- Desrespeitar as crenças dos outros:
Se você quiser ter uma grande conversa, outros devem sentir que você não está jugando. Quando alguém sente que suas ideias e crenças são questionadas ou menosprezadas, qualquer troca significativa, muitas vezes, se desliga. Em vez disso, tente ouvir a compreensão, e é possível que você possa aprender alguma coisa!

5- ’’Compartilhe’’ o palco:
Diz-se que os grandes atores fazem seus companheiros de palco brilharem. É a própria essência do trabalho em equipe, e o mesmo princípio se aplica a grandes conversadores. Faça perguntas que permitam que os outros sejam positivos, confiantes e talvez até um pouco orgulhosos, mas certamente lembre-se de fazê-lo de uma forma genuína. A energia positiva será contagiosa! 

6- Medo de aprender algo desconhecido: 
Há mais de sete bilhões de pessoas no mundo, e nenhuma é exatamente como você! Na verdade, as maiores experiências de aprendizagem são muitas vezes de interações com aqueles que são muito diferentes de nós mesmos. Abraçar e comemorar essas diferenças. Permita que outros compartilhem sua perspectiva única e viagem, todo o tempo tendo em mente que todos compartilhamos tanto em comum. Todos nós queremos ser felizes, amar os outros e ter significado em nossas vidas. 

7- Tentar ser alguém que você não é:
Só há uma pessoa que você pode ser, então não tente ser outra pessoa ou algo que você não é. Uma grande conversa é baseada na autenticidade, e a maioria das pessoas pode facilmente sentir quando outro não está sendo verdadeiro ou autêntico. Embora mantendo em mente todas as outras regras, é aceitável e esperado para você compartilhar sua própria viagem!

8- Monopolizar a conversa:
Nós todos já tivemos conversas onde a outra pessoa domina falando incessantemente. Em algum ponto nós fechamos para baixo, só esperando que ele acabasse. A escuta e a aprendizagem ativas cessam. Engajamento exige a participação de ambas as partes – não se segure de compartilhar, mas ao mesmo tempo não seja a pessoa que domina e efetivamente encerra esse compromisso. 

9- Focalizar em tópicos superficiais: 
O que separa uma grande conversa de “conversa fiada” é a natureza significativa do diálogo. Falar sobre o tempo não provoca muito além de talvez polidez. Um grande conversador cita pensamentos significativos dos outros, e aqueles vêm de perguntas intencionais. As pessoas adoram pensar; perguntando-lhes algo que exige reflexão tanto aprofunda o valor da conversa como fortalece a relação entre as partes.

Saiba mais sobre nossos cursos de Inglês conversação e business – Clique Aqui
Teste seus conhecimentos em Inglês – Clique Aqui 

Deixe seu comentário?

2 comments on “9 erros de conversação em inglês para evitar

Amei o site, estão de parabens!

Instituto Americano

Muito obrigado Angelica 😀

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *